Curiosidades

4 razões do ressecamento vaginal

Mulher com coceira por causa do ressecamento vaginal

(texto)

Ultimamente você tem sentido incômodos na zona vaginal? As relações sexuais se converteram em algo doloroso e você prefere não praticá-las?

Mesmo que existam várias causas para esta situação, uma das mais comuns é o ressecamento vaginal.

O ressecamento vaginal aparece quando o fluxo vaginal se reduz até gerar uma perda da lubrificação da área.

O fluxo vaginal pode reduzir ou mudar em diferentes momentos da vida e sempre devemos estar atentas, pois costuma ser sintoma de outro problema.

Mesmo que tratar o ressecamento vaginal seja relativamente simples com a aplicação de lubrificantes, não deixe o problema de lado.

Sempre que notar mudanças em sua área genital, procure um ginecologista para descartar qualquer problema.

Deixamos aqui uma lista das causas mais comuns do ressecamento vaginal. Conheça-as e identifique quando estiver experimentando uma.

1. Mudanças hormonais podem desenvolver ressecamento vaginal

Sem dúvidas, as mulheres dependem muito dos hormônios. Estes podem levar desde variações de humor até o ressecamento vaginal.

Nem todas as mudanças hormonais são negativas, algumas delas são pequenos ajustes que não causarão nenhum problema maior ou que desaparecerão em alguns meses.

No entanto, existem situações nas quais estas mudanças são mais profundas e seu médico deve se assegurar de que tudo se mantém dentro dos limites corretos.

Procure um especialista quando:

  • Está prestes à menopausa ou já está passando por ela.
  • Está amamentando.
  • Estar realizando tratamentos contra o câncer, como radioterapia e quimioterapia, no nível da pélvis.

Veja também: 7 hábitos “inocentes” que causam desequilíbrios hormonais

2. Substâncias irritantes

Mulher com coceira por causa do ressecamento vaginal

O quanto você se preocupa com a saúde de sua zona íntima? É bastante comum encontrar mulheres que se sentem incomodadas com as características de sua zona vaginal.

O problema com este cuidado excessivo é que pode estar gerando ressecamento vaginal sem percebemos.

Descubra quais são estes produtos irritantes e busque opções mais saudáveis.

Sabonetes e duchas vaginais

Um grande número de mulheres opta por adicionar em sua rotina de higiene alguns sabonetes e duchas vaginais.

  • Mesmo que possam melhorar o cheiro ou fazê-lo desaparecer, a realidade é que isso é uma má ideia. Junto com o cheiro, estes produtos eliminam as bactérias próprias da área.
  • Se você for uma das pessoas que acreditam que a área íntima não deve ter cheiro algum, saiba que isso é incorreto. Sendo uma área úmida e pela existência de certas bactérias, ter um pouco de cheiro sempre é natural.
  • Devemos nos preocupar somente se o cheiro mudar ou se tornar muito forte. Caso contrário, o melhor é não lavar a área ou que o faça somente com água.

Detergente e amaciante para roupa

Produtos químicos para lavar roupa podem gerar ressecamento vaginal

Outra das razões pelas quais temos ressecamento vaginal pode ser o sabão e amaciante para roupas que usamos.

Mesmo que estes produtos não costumem gerar problema algum, alguns contêm substâncias que ao contato com a pele da zona íntima podem causar irritação e ressecamento.

  • O ideal é evitar o máximo possível estes produtos ou, em seu lugar, escolher os menos agressivos.

Uma boa opção são os sabões para roupas de crianças, mesmo que seu custo possa ser elevado.

  • Caso você tenha recentemente mudado de detergente e justo nessa época notou os problemas de ressecamento vaginal, tente deixar de usá-lo por um tempo.

Isso ajudará a identificar se realmente esse é o problema.

Absorventes

Outros produtos que causam ressecamento vaginal são os absorventes. Os que causam o maior problema são aqueles com perfume com a finalidade de ocultar os aromas naturais.

  • O recomendado é usar absorventes suaves e sem perfume.
  • Outra opção é o coletor menstrual ou absorventes internos. Estes dois produtos dão a vantagem de impedir que o cheiro se faça mais notável.

Recomendamos a leitura: Absorventes internos e externos: Inconvenientes e perigos

3. Alguns medicamentos

Medicamentos que produzem ressecamento vaginal

Os medicamentos para o resfriado que contêm anti-histamínicos e aqueles utilizados para combater a asma podem causar ressecamento vaginal.

Em geral isso não deve ser um problema, posto que o organismo recupera sua lubrificação natural em alguns dias.

Os contraceptivos orais também causam este problema. Felizmente, este é um efeito secundário pouco comum, já que os hormônios que os compõe costumam normalizar os processos hormonais do corpo.

O normal é que este efeito apareça somente durante os primeiros meses enquanto o corpo se adapta. Para evitar os incômodos, você pode aplicar um lubrificante sexual à base de água até que o problema termine.

Caso não melhore a situação, o recomendado é conversar com um ginecologista para encontrar outro método contraceptivo que não tenha este efeito secundário.

4. Ansiedade

Nossa mente e nosso corpo podem parecer dois elementos separados, mas isso é errado.

A ansiedade e o estresse podem alterar seus níveis hormonais. Estes, por outro lado, podem gerar ressecamento vaginal, falta de apetite sexual e depressão.

É importante tentar se manter tranquila e estável. Pois existirão situações de estresse no relacionamento ou no trabalho, mas devemos aprender a relaxar.

Agora que já sabe, a perda de lubrificação vaginal não é nada rara e suas causas são muito diversas e comuns.

Se você estiver experimentando este problema, pode usar um lubrificante. No entanto, se depois de umas semanas não melhorar, procure seu médico para encontrar uma solução mais definitiva. 

(texto)
Fonte/Autor do Conteúdo Postado

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário