Gerais sobre Natureza/Ambiente

A Agricultura de baixo carbono é destaque no Estado do Rio de Janeiro e plano promete adaptações às mudanças climáticas

A Agricultura de baixo carbono é destaque no Estado do Rio de Janeiro e plano promete adaptações às mudanças climáticas

(texto)

A Secretaria de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro lançou um plano elaborado em parceria com 11 entidades ligados ao setor de alimentação e agricultura que tem como objetivo a elaboração e desenvolvimento de práticas sustentáveis consolidando a economia local e de pequenos produtores.

O plano recebeu o nome de ABC-RJ e vai promover a mitigação e adaptação às mudanças climáticas para a consolidação de uma economia de baixa emissão de carbono na agricultura foi lançado pela Secretaria de Agricultura.

O objetivo do plano ABC-RJ, no Estado do Rio de Janeiro, é promover e ampliar a instação e desenvolvimento de novas tecnologias no setro de alimentação e agropecuário reduzindo as emissões de gases de efeito estufa (GEE), contibuindo e assegurando para uma saúde alimentar com maior qualidade e diminuindo os efeitos das mudanças climáticas que estão alterando o globo terrestre.

Jair Bittencourt, secretário de Agricultura, relatou que o Estado já vem praticando ações de desenvolvimento sustentáveis, através de ações com o programa Rio Rural e que metas são alinhadas com o propósito baseando-se na cartilha do governo federal. Segundo o secretário, hoje a produção de alimentos deve ser feitas seguindo as normas e condutas com o objetivo baseado na preservação ambiental e de políticas públicas que visam o desenvolvimto ecológico e sustentável de determinada região.

Helga Hissa, Coordenadora técnica do Rio Rural, destacou a importância da Agricultura no grupo gestor para o desenvolvimento e elaboração do documento e o plano ABC-RJ e principalmente sobre a meta de 326 hectares a serem trabalhados através da recuperação de pastagens degradadas, integração lavoura-pecuária e floresta e florestas plantadas.

O programa Rio Rural já apoia atividades e modalidades sustentáveis e ecológicas implantadas em áreas destinadas ao programa para o desenvolvimento sustentável e principalmente o uso correto do solo no Estado do Rio de Janeiro.

A meta do Plano ABC-RJ tem como período de vigência o início o ano de 2018 até o ano de 2030 levando em conta o novo Plano ABC nacional (2021-2030). O documento foi elaborado em parceria com as secretarias estaduais de Agricultura e do Ambiente, Ministério da Agricultura, Embrapa, Emater-Rio, Pesagro-Rio, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, entre outros.

Com as informações http://www.rj.gov.br

(texto)
Fonte/Autor do Conteúdo Postado

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário