Gerais sobre Natureza/Ambiente

A China quer florestas para cobrir 26% de sua terra até 2035

(texto)

China anunciou planos para plantar novas florestas em 2018 que abrangerão pelo menos 6,6 milhões de hectares, uma área aproximadamente do tamanho da Irlanda. A mudança é a última tentativa da China de lançar sua imagem poluente e se tornar líder mundial em proteção ambiental, já que o presidente Donald Trump escolheu retirar os EUA do Acordo sobre o Clima de Paris no ano passado.

O objetivo da Administração da Floresta Estadual da China é aumentar o número de hectares de floresta no país para 23% da terra total até 2020, com o número atualmente de 21,7%. Zhang Jianlong, chefe da administração, disse que até 2035 o valor será de até 26 por cento.

“Empresas, organizações e pessoas que se especializam em trabalhos ecológicos são bem-vindos para se juntarem à campanha de ecologias”, disse ele. “A cooperação entre governo e capital social será colocada na lista de prioridade”.

Em 2014, a China, que viu suas cidades destruídas com poluição atmosférica crônica devido à expansão industrial desenfreada nas últimas décadas, declarou uma “guerra contra a poluição”. Além de criticar empresas poluentes e punir funcionários que quebram as regras ambientais, a expansão da floresta e a limpeza de rios poluídos tornaram-se as principais prioridades.

Este ano, as novas áreas florestais serão construídas na província de Hebei, na província de Qinghai, no planalto tibetano e no deserto de Hunshandake, na Mongólia Interior, região autônoma do norte.

(texto)
Fonte/Autor do Conteúdo Postado

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário