Saúde e Curas Pela Natureza

Alimentos Funcionais

Alimentos Funcionais

(texto)

Alimentos Funcionais

Hoje, para muitas pessoas o estilo de vida é extremamente prejudicial à saúde: poucos exercícios físicos, sono inadequado, estresse, muito tempo reservado para o trabalho e pouco para o lazer. Diante dessa situação, as pessoas passam a economizar ao máximo o tempo de preparo da alimentação, e acabam não fazendo comida em casa. Optam por alimentos prontos industrializados, processados e enlatados, ricos em conservantes e gordura trans que são fatores de risco para diversas doenças.

“Somos o que comemos” diz a máxima, e existem diversos alimentos nutritivos e que, além de nutrientes básicos (como carboidratos, gorduras, proteínas, vitaminas e minerais), possuem substâncias que quando metabolizadas, proporcionam benefícios específicos ao organismo, diminuindo o risco de desenvolvimento de doenças. São os chamados alimentos funcionais.

Alimentos funcionais são alimentos ou ingredientes que oferecem benefícios à saúde, além de suas funções nutricionais básicas. Eles podem, por exemplo, reduzir o risco de doenças crônicas degenerativas, como câncer e diabetes, entre outras.

Mas é preciso ter consciência de que os alimentos funcionais não funcionam como medicamentos. Então, para que seus benefícios sejam alcançados, é preciso consumi-los de maneira regular, incluindo principalmente vegetais, frutas e cereais integrais na alimentação. Afinal, grande parte dos componentes ativos estudados se encontra nesses alimentos.

Alimentos Funcionais

Compostos Funcionais

  • Isoflavonas: Possui ação estrogênica (reduz sintomas da menopausa) e anti-câncer;
  • Ácidos graxos ômega-3: Reduz o LDL – colesterol; ação antiinflamatória; indispensável para o desenvolvimento do cérebro e da retina de recém nascidos;
  • Catequinas: Reduzem a incidência de certos tipos de câncer, reduzem o colesterol e estimulam o sistema imunológico;
  • Licopeno: Tem ação antioxidante, reduzem níveis de colesterol e o risco de certos tipos de câncer, como de próstata;
  • Luteína e Zeaxantina: São Antioxidantes e protegem contra degeneração macular;
  • Flavonoides: Possui atividade anti-câncer, vasodilatadora, antiinflamatória e antioxidante;
  • Fibras solúveis e insolúveis: Reduz risco de câncer de cólon; melhora o funcionamento intestinal. As solúveis podem ajudar no controle da glicemia e no tratamento da obesidade, pois dão maior saciedade;
  • Prebióticos: Ativam a microflora intestinal, favorecendo o bom funcionamento do intestino;
  • Lignanas: Inibição de tumores hormônio-dependentes;
  • Tanino: Possui ação antioxidante, anti-séptico, vaso-constritor;
  • Estanóis e esteróis vegetais: Reduzem risco de doenças cardiovasculares;
  • Probióticos: Favorecem as funções gastrointestinais, reduzindo o risco de constipação e câncer de cólon;

Alimentos Funcionais

Preparei uma seleção de alguns alimentos funcionais interessantes, em especial os que podem ser grandes aliados da saúde do coração:

Alimentos Funcionais

Aveia: Existem inúmeros alimentos funcionais e, entre eles, a aveia é um dos mais reconhecidos. Entre os cereais integrais, a aveia se diferencia por apresentar um dos mais altos teores proteicos e ótimo perfil de aminoácidos. Tem também alta porcentagem de lipídios que se destacam nutricionalmente por sua razão favorável entre insaturados e saturados e por suas propriedades antioxidantes. Além disso, é rica em fibras solúveis e insolúveis. Outro efeito benéfico atribuído ao consumo de aveia está relacionado ao controle da obesidade.

Chá Verde: O chá verde provém das folhas da Camellia sinensis, que possui as catequinas como seus principais compostos bioativos e auxiliares na manutenção da saúde. As catequinas são flavonoides que auxiliam contra diversos tipos de câncer, pois agem varrendo os radicais livres que oxidam as células de nosso organismo. Estas substâncias favorecem ainda a remineralização óssea, sendo ótima para evitar a osteoporose.

Alimentos Funcionais

Linhaça: A linhaça é um alimento funcional muito importante para saúde. Os nutrientes que mais chamam a atenção na linhaça são as fibras, o ácido graxo ômega 3 e as lignanas. Desta forma, este alimento possui diversos benefícios para a saúde como a redução do LDL (“colesterol ruim”), redução do risco de doenças cardiovasculares, diabetes, osteoporose e sintomas da menopausa. Por possuir atividade antioxidante, ela desempenha um papel significativo na proteção contra câncer de mama, de próstata, de cólon e de outros tipos de câncer.

Tomate: O licopeno é um carotenoide encontrado em grande quantidade no tomate e vem sendo associado à redução do risco de vários tipos de doenças crônico-degenerativas. Tem sido proposto que a capacidade antioxidante desse componente bioativo é a base dos fatores protetores contra alguns tipos de câncer. Ao neutralizar os radicais livres, o licopeno evita a oxidação das células e estimula o sistema imunológico. Essa mesma função antioxidante proporciona uma diminuição do risco de enfarte.

Alimentos Funcionais

Castanha do Pará: A principal característica da castanha é a alta quantidade de gorduras benéficas, que ajudam no controle do triglicerídeos.

Também colabora com a perda de peso, pois tem em sua composição o mineral selênio, que regula os hormônios da tireoide e, consequentemente, regula o metabolismo fazendo com que o processo de emagrecimento seja mais eficaz. O consumo diário desse alimento é capaz de trazer nutrição e combater doenças, diminuir a ansiedade, afastar os riscos de depressão, além de diversos outros benefícios

Suco de uva, mirtilo e maçã: Possuem resveratrol e quercetina que auxiliam na redução de risco de doenças cardiovasculares, e inibem a formação de carcinógenos, coágulos e inflamações. Contém flavonoides, que ajudam no controle do colesterol e evitam o surgimento de doenças cardiovasculares. O principal flavonoide presente nas uvas roxas é o resveratrol, um potente antioxidante que auxilia na redução da pressão arterial e dos níveis de LDL, além de aumentar os níveis de HDL e prevenir a agregação plaquetária com consequente redução da formação de trombos nas artérias. Para as pessoas que desejam reduzir medidas, o suco de uva, por exemplo, pode ser um forte aliado, já que ele acelera o metabolismo e favorece o emagrecimento.

Gengibre: O gengibre é muito funcional. Ele é estimulante da secreção gástrica, previne inflamações osteoarticulares e é um termogênico natural. Tem também efeitos analgésicos e anti-inflamatórios, que reduzem a fadiga muscular.

Alimentos Funcionais

Azeite de Oliva: Entre os diversos tipos de óleos culinários, o azeite de oliva é um dos que mais oferecem benefícios para nossa saúde — desde que de qualidade e boa procedência. O azeite de oliva tem grande quantidade de ácidos graxos monoinsaturados, importantíssimos no controle de concentrações sanguíneas, diminuindo o colesterol ruim e aumentando o colesterol bom. Devido ao seu poder de aumentar a sensação de saciedade, pode colaborar, e muito, com o processo de emagrecimento, principalmente se aliado a bons hábitos alimentares. Pode incluir o azeite sem medo no seu dia a dia.

Alho: O alho é um dos alimentos funcionais que estimulam o sistema nervoso, fazendo com que ele libere adrenalina de forma a acelerar o metabolismo, ocasionando maior queima de calorias. Possui capacidade de diminuir o colesterol e inibir o apetite, além de estimular a leptina, uma substância do organismo responsável pela saciedade, e, consequentemente, trazer a perda de peso.

Lembre-se: apesar de todos esses benefícios citados, e que são cientificamente comprovados, esses alimentos não substituem medicações. E para que os efeitos sejam alcançados, é necessária que a dieta seja variada, saudável, e rica em alimentos funcionais constantemente.

(texto)
Fonte/Autor do Conteúdo Postado

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário