BioDiversidade

Número de mortos aumenta para 101 após erupção vulcânica na Guatemala

Erupção do Vulcão de Fogo matou mais de cem pessoas na Guatemala

(texto)

No domingo passado, o vulcão de Fogo registrou a maior erupção dos últimos anos, deixando quase dois milhões de afetados e milhares de desabrigados

Por
EFE

access_time

7 jun 2018, 14h15

Subiu para 101 nesta quinta-feira o número de mortos após a violenta erupção no domingo passado do vulcão de Fogo na Guatemala, após a descoberta de um corpo e a morte de um homem em um hospital, devido às graves queimaduras.

Agentes da Polícia Nacional Civil (PNC) localizaram o corpo de uma mulher na denomina Ruta 14, a mais atingida pela erupção e que está bloqueada.

A Polícia esclareceu que o corpo foi encontrado esta manhã, quando seus agentes participavam de trabalhos para liberar um trecho da rota na altura do quilômetro 95.

Além disso, em um centro de assistência morreu nesta quinta-feira Natividad Tuchán, por causa das graves queimaduras no seu corpo.

A Conred anunciou nesta quinta-feira a suspensão temporária dos trabalhos de resgate devido às más condições do clima na região devastada pela erupção do vulcão.

De acordo com o Instituto Nacional de Sismologia, Vulcanologia, Meteorologia e Hidrologia (Insivumeh), uma frente do leste provoca chuvas desde esta quinta-feira e possivelmente até o próximo fim de semana.

As chuvas podem gerar queda de barreiras das laterais do vulcão que estão saturadas de material após a erupção, alertou a instituição.

No domingo passado, o vulcão de Fogo registrou uma das erupções mais fortes dos últimos anos, deixando quase dois milhões de afetados e milhares de desabrigados, de acordo com os números oficiais.

 



(texto)
Para ver o Autor/Fonte do Post – Clique Aqui

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário