Remédios Caseiro / Naturais

O maracujá prende ou solta o intestino? Descubra

Se o maracujá prende ou solta o intestino é uma dúvida bastante recorrente

(texto)

O intestino preso muitas vezes é um reflexo da alimentação, pois existem algumas comidas e bebidas que ajudam a soltar ou prender o intestino, contribuindo para a tratamento de problemas como diarreia ou prisão de ventre. Descubra qual a função do maracujá no processo no trânsito intestinal.

As frutas são importantes aliadas no combate tanto do intestino preso como o solto, mas caso alguns dos problemas apareçam com frequência, a consulta com um especialista da área é indispensável.

Maracujá prende ou solta o intestino?

Se o maracujá prende ou solta o intestino é uma dúvida bastante recorrente

Muitas são as pessoas que têm dúvida se o maracujá solta ou prende o intestino (Foto: depositphotos)

Veja tambémComo acertar na hora de escolher o melhor maracujá nas compras

O maracujá é uma fruta que contém um considerável teor de fibras em sua composição: 100g da fruta possui 10g de fibras, a maioria delas solúveis.

As fibras solúveis proporcionam sensação de saciedade, ajudam a controlar o apetite, reduzem as taxas de colesterol ruim, controlam os níveis de açúcar no sangue e regularizam o trânsito intestinal de forma suave.

Mas é importante ter alguns tipos de cuidados na hora de consumir fibras. A ingestão regular desse carboidrato melhora os sintomas do intestino preso. É sempre fundamental aliar o consumo com a água.

As fibras insolúveis, que também estão presentes no maracujá, retém a água. O consumo exagerado do carboidrato sem a ingestão de água pode deixar o intestino ainda mais preso, trazendo sérios prejudicamentos para a saúde.

Veja tambémAprenda a fazer um delicioso doce de casca de maracujá

Receita de suco de maracujá para soltar o intestino

Solte o intestino bebendo suco de maracujá

Suco de maracujá pode soltar sim o intestino (Foto: depositphotos)

O maracujá pode ser consumido in natura, na forma de suco, em receitas vitaminas, bolo, mousses e diversas outras sobremesas.

Alguns outros ingredientes podem ser inseridos na hora do preparo do suco de maracujá, ajudando a potencializar o efeito, melhorando a saúde intestinal.

Ingredientes

  • 3 colheres (de sopa) de polpa de maracujá, com sementes;
  • 1 colher (de sopa) de semente de linhaça moída;
  • 1/2 cenoura;
  • 1 folha de couve;
  • 150 ml de água.

Modo de preparo

Leve todos os ingredientes para o liquidificador e bata por alguns minutos. Beba o suco logo em seguida.

Veja tambémFarinha à base de maracujá promete barrar a gordura

Intestino preso: causas, sintomas e como evitar

Intestino preso tem sintomas, causas e tratamentos que todos devem ficar atentos

É importante ficar atento(a) aos sintomas, causas e tratamentos do intestino preso (Foto: depositphotos)

Segundo a Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG) o intestino preso é um problema que atinge 20% da população brasileira, especialmente mulheres e principalmente aquelas que têm entre 40 e 49 anos.

Sintomas

Os sintomas do intestino preso variam muito de acordo com cada paciente. Mas no geral, o principal sinal do problema é quando o indivíduo evacua menos de três vezes por semana.

Outros sintomas que costumam ser gerais são: esforço excessivo para eliminar fezes (que muitas vezes aparecem ressecadas e endurecidas), sensação de evacuação incompleta, inchaço, gases, mau humor e dores abdominais.

Principais causas

O intestino preso pode ser resultado de uma dieta pobre em fibra, pouco consumo de água e a falta de prática de exercícios físicos, principais causas do problema.

“A regularidade da atividade intestinal só é adequada quando estes três fatores são atendidos. As fibras auxiliam na formação do bolo fecal e, em parceria com a quantidade de água ingerida e a atividade física, são responsáveis por estimular a atividade muscular intestinal”, revela o site Biblioteca Virtual em Saúde, do Ministério da Saúde.

Veja tambémAprenda a fazer um delicioso gelinho de gengibre com maracujá

Como evitar

Para evitar o problema, procure ingerir em sua dieta alimentos ricos em fibras, como maracujá, abacaxi, melancia, pera, laranja, maçã (com casca), mamão, abacate, cebola, tomate, aspargo, repolho, folhas verdes, linhaça, feijão carioca, entre tantos outros.

Evite a ingestão de alimentos como banana, arroz, macarrão, mandioca, queijo branco, maçã sem casca, jabuticaba, alimentos picantes, bebidas cafeinadas e alcoólicas e pães, pois eles ajudam a deixar o intestino ainda mais preso.

“A forte tendência de consumo de alimentos industrializados pode agravar ou prejudicar o consumo diário de fibras. Os alimentos industrializados são, em sua grande maioria, processados. O processamento acaba retirando alguns nutrientes do alimento, sendo as fibras, um deles. Observe a rotulagem nutricional que especifica a quantidade de fibras disponível nos alimentos selecionados para o seu consumo”, aponta o site.

(texto)
Fonte/Autor do Conteúdo Postado

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário