Saúde e Curas Pela Natureza

usá-lo pode tornar a sua alimentação mais saudável

usá-lo pode tornar a sua alimentação mais saudável

(texto)

Foto: iStock

Ter uma vida mais saudável não é tão difícil, diferente do que muitas pessoas pensam. Algumas mudanças de hábitos simples podem fazer toda a diferença nesse processo.

Uma substituição, por exemplo, representa um passo importante para retirar substâncias que podem ser prejudiciais a curto e a longo prazo, melhorando o funcionamento do seu organismo e diminuindo os riscos de desenvolvimento de doenças crônicas.

Um dos grandes vilões dos hábitos saudáveis é o açúcar. Porém, para quem ama um doce, cortá-lo pode ser uma grande dificuldade, não é mesmo?

Mas é possível amenizar seus efeitos substituindo o açúcar refinado por opções mais saudáveis. E uma delas é o demerara.

Diferença entre o açúcar refinado e o demerara

Foto: iStock

A especialista em emagrecimento e alimentação Ana Carolina Candia esclarece a principal diferença entre o açúcar demerara e os demais tipos.

Leia também: Açúcar faz mal: por que e como retirá-lo do seu dia a dia

“As principais diferenças estão no gosto, na cor e composição nutricional de cada tipo. Posso dizer que quanto mais escuro for, maior a concentração de vitaminas e minerais. Na verdade, a cor branca significa que o açúcar recebeu aditivos químicos em seu processo de refinamento”, esclarece a especialista.

3 benefícios do açúcar demerara para a saúde

Foto: iStock

A troca pelo demerara pode ajudar a melhorar a sua saúde! A Ana Carolina Candia e a nutricionista Regina Teixeira nos ajudam a entender os principais benefícios da substituição.

1. Menos aditivos químicos: “quanto mais branco for o açúcar, mais ele recebeu aditivos químicos que contribuem para intoxicação do organismo”, esclarece Ana Carolina. Por isso o uso do demerara, mais escuro, diminui a quantidade de toxinas ingeridas diariamente nos alimentos preparados com esse alimento.

2. Melhora do sistema imunológico e metabólico: com um organismo menos intoxicado o sistema imunológico funciona melhor e, consequentemente, o metabolismo também não sofre desaceleração.

3. Maior valor nutricional: “quanto mais escuro for, maior conservação de nutrientes, pois não recebe aditivos químicos na sua produção. Assim o açúcar mascavo ou demerara são as melhores opções, pois possuem valor nutricional similar e conservam os nutrientes”, ressalta a nutricionista.

Leia também: Açúcar: o grande vilão das dietas?

Ou seja, com a troca você consegue utilizar um açúcar mais natural, com menos componentes químicos e que prejudique menos a sua saúde

Quantidades recomendadas

Foto: iStock

O demerara, tal como os demais tipos de açúcares, também deve ser consumido com moderação. Isso porque, apesar de maior valor nutricional, as calorias entre eles se mantêm as mesmas, como ressalta Regina Teixeira:

“Não importa qual o tipo de açúcar, se é o mascavo, demerara, cristal ou refinado, as calorias são as mesmas. Ou seja, 1g equivale a 4 calorias. Assim há necessidade de controle para o consumo diário”, explica a nutricionista.

Mesmo o demerara poderá causar problemas devido ao seu índice glicêmico, caso ocorra o consumo exagerado.

Não há uma quantidade estimada recomendada, pois o ideal seria não utilizar nenhum açúcar, tal como a especialista Ana Carolina Candia ressalta. Porém, para aquelas que não conseguem ficar sem ele, é preciso ter moderação no seu uso.

Leia também: 8 alternativas naturais para substituir o açúcar na sua alimentação

A nutricionista Regina Teixeira dá a dica: “O consumo deve ser orientado e somente adicionado na necessidade. Ou seja, sempre que possível tentar comer o alimento sem adicioná-lo. Opte por substituições como mel, uva passa e tâmara em receitas”.

Contraindicações e alertas sobre o consumo

O açúcar demerara, tal o cristal e o refinado não deve ser utilizado por aqueles que possuem restrições a essa substância, principalmente os diabéticos e quem já possua resistência à insulina. Nesse caso deve-se utilizar os adoçantes. Regina recomenda: “Adoçantes ou edulcorantes são opções para quem quer restringir a quantidade diária de açúcar. Opte pelo stévia ou xilitol”.

O consumo exagerado do demerara pode trazer, além do risco de desenvolvimento de diabetes, outros prejuízos, como ressalta Ana Carolina: “o mais facilmente notado é o ganho de peso. Com os quilos extras os fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares aumentam, por exemplo.”

Por isso é importante realizar a substituição sim, mas com cuidado, ok? Assim você conseguirá manter a sua saúde em dia sem perder a chance de continuar comendo seus docinhos. Compartilhe esse post em suas redes sociais e leve esse conteúdo para seus amigos!

Leia também: Diabetes Mellitus: tipos, causas, sintomas e tratamento

(texto)
Fonte/Autor do Conteúdo Postado

Comente com seu Facebook

Deixe um Comentário